sábado, 16 de fevereiro de 2008

Um só

Sigo os teus passos buscando meu horizonte,
Meu espelho são seus olhos, tua boca minha fonte,
E dela não me desfaço, na ânsia sempre te cerco,
No teu peito navego e sem pensar, me perco
Assim sigo sem saber como e onde vou chegar,
Minha vontade, mesmo oculta, é te encontrar,
Perseguir-te é mais que vontade do coração,
E desejo do corpo, necessidade da alma...

Do teu lado me findo, nosso corpo é um só,
Os gostos se tornam insípidos, apenas o amor existe,
Todos os outros se findam, não há sentido, não há nada,
Não há Joseph, nem Yasmin, as figuras desaparecem,
Nosso amor é presente que a vida lançou para mim,
Os sonhos por mais distantes que estejam se fundem,
Agora somos um só, a mistura exata, coquetel perfeito,
Nesse caminho estreito que a vida segue, vamos juntos.

Um comentário:

FGB disse...

Phiiiiiiiiii!

vc já se inscreveu no Prêmio Garibaldi Brasil de literatura??

Nãooo???

Então cooorrraa!! As inscrições estão chegando ao fim!!

Entra lá no nosso blog e confira o edital!

vc nao pode deixar de participar!!

os prêmios são de até 1.500,00 reais!!

Boa sorte!