segunda-feira, 18 de junho de 2012

Soneto ao sonho

Ontem a tristeza, sem avisar, tomou meu peito,
Ela chegou quando vi que não estava em nosso leito,
Foi de repente, sem avisar, nao houve reação,
O vazio ao meu lado era o avesso do meu coração,

Ele esta inundado de amor, carregado de paixão, repleto de saudade,
Fiquei mal acostumado a ter você, em ter felicidade,
Fechei os olhos e você chegou, linda, como se fosse real,
Não pude me conter, em segundos tudo voltou ao normal,

Eu tinha amor, tinha alegria, tinha paixão, tinha você,
Como quando a felicidade invade e se torna tudo o que você vê,
A vida fazia novamente sentido e o motivo de tudo é o teu sorriso,

Teu amor é mais que um presente, é até mais do que eu preciso,
Você me acostumou a sorrir e desse sonho não quero mais acordar,
Quero fazer dele minha realidade e para sempre te amar.

Um comentário:

Dinha'' disse...

Bem, eu tenho temido mudar, Porque eu construí minha vida ao seu redor, Mas o tempo traz coragem; crianças envelhecem, Estou envelhecendo também.(sinopse do meu blog) Acessa o meu blog?

http://criancasenvelhecem.blogspot.com.br/ Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz. Desde já obrigada, tenha uma ótima semana. Atenciosamente Dinha'.