segunda-feira, 9 de março de 2015

Laura

Já não posso encarar o mundo sem teu beijo, 
 Nossas vidas estão ligadas, em tudo te vejo, 
Não somos mais eu e você, nos tornamos um só, 
Longe de você no meu peito só há uma imensa dor, 
No meu leito um vazio, na minha garganta um nó, 
 Meu riso depende do teu, você é minha alegria, 
A cama vazia, a boca lembrando do teu beijo, 
O corpo que treme parece que ainda sente o teu, 
O choro incontido, a solidão vagando por toda parte, 
A saudade domina, teima em tentar vencer, 
Mas o amor não morreu, nem vai morrer.

Nenhum comentário: