quinta-feira, 19 de julho de 2007

A vida é muito curta!

Perder tempo, ou vacilar nas escolhas fáceis da vida, escolhas que de tão obvias às vezes parecem não fazer o menor sentido, mais essas pequenas escolhas podem representar o êxtase ou a perdição, tudo bem que a vida é composta de fases um dia você esta por cima, e no outro você pede clemência a vida por tamanho sofrimento, mais essas fases passam e essa variação faz da vida mais interessante.

Reclamamos de como a vida é injusta, gritamos aos quatro ventos que não tivemos sorte, nada da completamente certo, nada esta suficientemente bom para nos, mesmo quando estamos satisfeitos em diversos sentidos, sempre há uma ou duas lacunas que nunca são preenchidas, e quando são, sempre esvaziam-se mais algumas, nunca a vida nos da tudo, se ela desse não haveria sentido viver não é.

Isso não é a toa, não é porque Deus é ruim ou a vida é injusta, o ser humano é o único ser pensante, o único que sabe que vai morrer, e mesmo assim não da valor a essa inteligência, a vida é maravilhosa, por mais que pra você ela esteja um martírio, os altos e baixos da vida podem ser usados facilmente, nos momentos bons, você acumula felicidade e força pra encarar a fase ruim que com certeza vira, e nas fases ruins você lembra que um dia vai passar, nada dura pra sempre.

2 comentários:

Jéssca disse...

Poxa Justin.. fikei triste agora, fiz um comentário grandão, filosófico e profundo e o blogger nao postou ele.. ;(
Agora que minha criatividade já foi usada e não sobrou nada, só posso dizer que realmente nada dura para sempre!! ¬¬'

=**

Joseph Jr. disse...

Poxa vida lora...

mais o que vale é a intenção!

=**