quarta-feira, 3 de março de 2010

Poesia sem titulo.

Já não caminhas na mesma estrada que eu,
Já não sente aquele amor, que sabia que era só teu,
O meu, ainda é o mesmo, ainda é muito forte,
Continuar assim, juro que prefiro a morte,
Para mim, o tempo teima em passar,
Ainda sinto seu calor, só aumenta meu penar,
Meu peito é só dor, só penso em te amar,
A cada verso sinto minha alma inflamar,
no meu jardim, ainda vejo minha flor,
A cada passo que você dá sem mim,
A cada anoitecer prevejo meu fim,
Nos meus sonhos você só diz sim,
Tento, mas só consigo pensar assim,
A saudade não me deixa ver que você se foi.

2 comentários:

Elaine Bonfim disse...

Lindo post lindinho, vc escreve super bem :)

=*

Joseph Jr. disse...

Obrigado lindinhaa
=*