quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Poeminha

Mesmo distante ainda sinto teu calor,
Sonho com teus beijos, com teu amor,
E tudo o que posso fazer é te olhar.

Imagino teus abraços, sigo teus passos,
Estreito os nossos laços, tentando disfarçar,
E me contento em te olhar,

Pensando em você me afogo em nostalgia,
E na realidade já não tenho alegria,
E quase não agüento te olhar,

Desde que te vi nada mais foi igual,
Às vezes dói mais que o normal,
E não suporto somente te olhar.

Nenhum comentário: